segunda-feira, 2 de julho de 2018

FAMÍLIA NATURAL

FAMÍLIA NATURAL: PROJETO DE DEUS

Deus ama cada pessoa: seja solteiro, casado, viúvo, divorciado, amasiado, etc.

E Ele estabeleceu princípios poderosos em Sua Palavra que visam o nosso bem!

Deus estabeleceu um modelo de família que deve ser almejado por cada cristão.


MODELO IDEAL: FAMÍLIA NATURAL
·Casamento heterossexual, monogâmico e vitalícioGen 2:24 Por essa razão, o homem deixará pai e mãe e se unirá à sua mulher, e eles se tornarão uma só carne.
·Fidelidade conjugalExo 20:14 "Não adulterarás. / Hebreus 13:4: O casamento deve ser honrado por todos; o leito conjugal, conservado puro; pois Deus julgará os imorais e os adúlteros / Mal 2:16 "Eu odeio o divórcio", diz o Senhor, o Deus de Israel, e "o homem que se cobre de violência como se cobre de roupas", diz o Senhor dos Exércitos. Por isso tenham bom senso; não sejam infiéis.
·Filhos sendo criados pelos pais biológicosGen 1:28 Deus os abençoou, e lhes disse: "Sejam férteis e multipliquem-se! Encham e subjuguem a terra! / Exo 20:12 "Honra teu pai e tua mãe, a fim de que tenhas vida longa na terra que o Senhor teu Deus te dá.
·Liderança Masculina no casamento1Co 11:3 Quero, porém, que entendam que o cabeça de todo homem é Cristo, e o cabeça da mulher é o homem, e o cabeça de Cristo é Deus.

Efésios 5:22-27 traça um paralelo:
- Jesus ama e dá a vida pela Igreja. A igreja adora e reverencia Jesus!
- O marido ama e dá a vida pela esposa. A esposa admira e respeita o marido!!

O marido ama: 1Pe 3:7 Do mesmo modo vocês, maridos, sejam sábios no convívio com suas mulheres e tratem-nas com honra, como parte mais frágil e co-herdeiras do dom da graça da vida, de forma que não sejam interrompidas as suas orações.
A esposa respeita: Tit 2:4-5 (...) oriente as mulheres mais jovens a amarem seus maridos e seus filhos, a serem prudentes e puras, a estarem ocupadas em casa, e a serem bondosas e sujeitas a seus próprios maridos, a fim de que a palavra de Deus não seja difamada..

A vida não é ciência exata, mas é importante reconhecermos esse modelo ideal de família.

Existe um modelo primordial de família também chamado de família natural, tradicional, elementar, conjugal ou nuclear: pai, mãe e filhos nascidos dessa união. Adão e Eva foram esse modelo primordial e a Sagrada Família (José, Maria, Jesus e seus irmãos) seguia esse modelo.
Gen 4:1 Adão teve relações com Eva, sua mulher, e ela engravidou e deu à luz Caim.
Lucas 2:16 Então correram para lá e encontraram Maria e José, e o bebê deitado na manjedoura.

É sabido que existem outras formações familiares diferentes da família natural. Há mães solteiras, pais solteiros, mães ou pais viúvos, casais de 2ª aliança, avôs criando netos devido morte ou prisão do filho, lares com filhos adotivos, etc. 
O governo esquerdista e a mídia "progressista" defendem que todos os arranjos familiares são igualmente válidos.

Devemos respeitar cada família, sem contudo perder de vista, que existe um modelo natural de família que é mais saudável (especialmente para as crianças). Precisamos valorizar a família conjugal-tradicional.

Quando pensamos nas crianças o ideal continua sendo o modelo de família conjugal onde a criança é criada por seus progenitores (sem passar por divórcio, abandono, orfanato, etc).

Devemos respeitar todos os modelos de família, pois vivemos numa sociedade imperfeita. Mas jamais podemos perder de vista que existe um modelo primordial de família que propicia mais estrutura emocional para as crianças. O desejo natural de toda criança é ser criada por seus pais biológicos e é nosso papel enquanto sociedade buscar promover que cada criança tenha um bom lar para ser amada e educada. Evidente que nem sempre é possível viver esse modelo natural de família e arranjos como adoção são demonstrações preciosas de amor para crianças abandonadas ou em situação vulnerável.

É elogiável o esforço de muitas mães solteiras na criação dos seus filhos, mas precisamos reconhecer que a criança precisa de uma referência masculina. Isso precisa ser compreendido e suprido de alguma forma.

MATERNIDADE
Na Bíblia a maternidade (ser mãe) é vista como uma dádiva.
Gen 3:20 Adão deu à sua mulher o nome de Eva, pois ela seria mãe de toda a humanidade.
Salmo 113:9 (Deus) dá um lar à estéril, e dela faz uma feliz mãe de filhos. Aleluia!

Na Bíblia uma mulher que tem muitos filhos é vista como abençoada!
Gen 1:28 Deus os abençoou, e lhes disse: "Sejam férteis e multipliquem-se! Encham e subjuguem a terra! Dominem sobre os peixes do mar, sobre as aves do céu e sobre todos os animais que se movem pela terra".

O feminismo (especialmente Margaret Sanger) alavancou conceitos como planejamento familiar (controle de natalidade) onde o aborto passou a ser estimulado e passou-se a promover a ideia de que ter muitos filhos é ruim. Por isso hoje em dia, muitas mulheres, inclusive cristãs, pensam em ter apenas um filho e olham com desdém quando veem uma família grande.

Cada casal deve orar sobre o número de filhos que deseja ter, mas vemos na Bíblia um incentivo para que as mulheres tenham filhos (mais de um).

É papel da mãe amar, criar, disciplinar e educar. Veja um exemplo de como uma mãe pode abençoar seus filhos.


Evidente que John Wesley teve uma boa mãe e também um pai presente. Isso demonstra o modelo bíblico da família natural: filhos criados pelos pais biológicos.

Agora vamos falar de paternidade...

PATERNIDADE
Ser pai também é visto como uma dádiva nas Escrituras:
Salmo 127:5 Como é feliz o homem cuja aljava está cheia deles! Não será humilhado quando enfrentar seus inimigos no tribunal.

O pai tem um papel essencial na vida dos filhos.

A Bíblia descreve o homem como cabeça da casa e chama os pais a criarem os filhos segundo os princípios bíblicos:
Efésios 6:4 Pais, não irritem seus filhos; antes criem-nos segundo a instrução e o conselho do Senhor.

Infelizmente a ideia ventilada hoje na mídia é de um pai banana (ou otário) e uma mãe cúmplice dos filhos. Isso é visto em programas como Malhação e desenhos como Peppa Pig.

O homem precisa posicionar-se como sacerdote de sua casa!
O homem tem uma influência muito grande sobre os filhos. Veja esse vídeo:




Esses dados também estão disponíveis em slides:

Meninos e meninas que crescem sem um pai presente tendem a ser inseguros.

O papel do pai é muito importante na vida de menina para transmitir-lhe segurança emocional. Moças que não receberam amor fundamental de pai são mais propensas a entregar-se sexualmente (e engravidar) buscando preencher essa carência afetiva.

O papel do pai é muito importante para que o menino saiba canalizar sua força física de forma positiva aprendendo a controlar-se e a proteger os mais fracos. A ausência paterna aumenta as chances de envolvimento com drogas e/ou crimes. Meninos sem o pai presente são mais propensos a desrespeitar leis e autoridades.




sábado, 10 de fevereiro de 2018

Estado Liberal x Estado Social

O conservador brasileiro do Século 21

Em termos gerais, partidos conservadores e liberais mundo afora, historicamente defenderam o conceito de Estado Liberal de forma ativa. A alternância no poder entre conservadores e liberais era comum no século 19, já que suas diferenças eram meramente sobre políticas de governo e sociais, e raramente sobre a organização do Estado ou quanto a política econômica propriamente dita.
Com o surgimento do Estado Social no século 20 tudo mudou, e a maioria dos países da América Latina e Europa alteraram suas constituições para refletir a nova moda. Ao final do século 20, quando o modelo de Estado Social provou ser massacrante para a economia nacional, a maioria dos países europeus aproveitaram a oportunidade para remover princípios do Estado Social de suas constituições; mesmo que alguns resquícios persistissem.
A situação do continente sul-americano foi diferente, já que a maioria dos países mantiveram suas constituições inalteradas, e alguns até as reforçaram seu Estado Social, como foi o caso do Brasil.

LEIA MAIS AQUI: http://lpbraganca.com.br/o-conservador-brasileiro-do-seculo-21/

terça-feira, 14 de novembro de 2017

Ideologia de Gênero é Projeto de Poder!

AS TEORIAS SOBRE GÊNERO FORMAM UMA IDEOLOGIA!!
Uma ideologia é diferente da verdadeira filosofia. A filosofia enxerga toda a realidade através de princípios últimos; ela tem realmente princípios, que são verificáveis. A filosofia entende que esses princípios são a melhor expressão da realidade. Uma ideologia faz exatamente o contrário: ela concebe um ideal prático, e em nome desse ideal prático futuro, recalcula toda a realidade, mesmo passando por cima dos princípios, fazendo com que toda a realidade seja adulterada, forçada, arrombada.

IDEOLOGIA DE GÊNERO É UM PROJETO DE PODER!
Existem pessoas e grupos que querem criar um poder global baseado numa ética universal a ser imposta a toda a sociedade. Mas ela não pode ser imposta de um modo puramente político. Então você cria um ambiente em que todas as pessoas se comportam do mesmo modo, cria um ethos coletivo – coletivista por definição – em que as pessoas vão se comportando do jeito que esses eventuais senhores do mundo querem.

A família cristã se tornou um obstáculo para esse projeto de poder!! Por isso o objetivo é desconstruir o modelo de família tradicional.

Esse blog é evangélico, mas hoje vou recomendar 2 padres que tratam esse tema muito bem:

Padre José Eduardo: creio que ele seja o homem mais bem preparado do país no assunto pois ele domina a filosofia e também os livros dos teóricos de gênero (teoria queer).

Entrevista: http://www.semprefamilia.com.br/padre-jose-eduardo-por-tras-da-ideologia-de-genero-ha-um-projeto-de-poder/

Há uma excelente palestra dele sobre o assunto aqui:
https://www.youtube.com/watch?v=s2_pIEtPbsA


Padre Paulo Ricardo: também é referencia no assunto.
Vale conferir essa explicação dele.

sexta-feira, 10 de novembro de 2017

Lobby Transgênero

CUIDADO COM O LOBBY TRANSGÊNERO!!
Eles não contam que...

41% dos transgêneros vão tentar o suicídio em algum momento da vida e que as pessoas que passaram pela cirurgia de troca de sexo têm chance aproximadamente 20 vezes maior que a população geral de morrer de suicídio.

80% das crianças com disforia de gênero acabam por ficar à vontade em seu corpo e deixam de sentir a disforia.

"As terapias que mais ajudarão as pessoas com disforia de gênero serão aquelas que ajudam as pessoas a viver em conformidade com a verdade biológica de seu corpo."

http://www.gazetadopovo.com.br/ideias/a-verdade-desagradavel-sobre-a-redesignacao-sexual-que-o-lobby-transgenero-nao-quer-que-voce-saiba-29vgfgg9y1xx9locbjrfm8voi

Familia Tradicional

MODELO IDEAL: FAMÍLIA TRADICIONAL
Há uma ilusão de que a heterossexualidade e a homossexualidade sejam variantes equivalentes da orientação sexual. Não são!

Devemos respeitar as escolhas de todos, mas isso não significa dizer que todas as opções são saudáveis ou igualmente boas.

Quando pensamos nas crianças o ideal continua sendo o modelo de família tradicional onde a criança é criada por seus progenitores (sem passar por divórcio, abandono, orfanato, etc).

Devemos respeitar todos os modelos de família, pois vivemos numa sociedade imperfeita e marcada pelo egoísmo.

Mas nunca podemos perder de vista que existe um modelo ideal de família. Esse modelo é bíblico, saudável e natural (o desejo natural de toda criança é ser criada por seus pais biológicos). É muito comum crianças adotadas ou criadas apenas pela mãe sentirem forte rejeição devido à ausência do pai biológico. Isso também pode acontecer em famílias tradicionais se o pai for ausente.

Obs.: Adotar é um ato de amor e há muitos casais heterossexuais na fila da adoção. Mas infelizmente há casos onde tem se dado preferência a casais gays por pura ideologia.

Como curiosidade compartilho uma entrevista...

sexta-feira, 3 de novembro de 2017

JUSTIÇA SOCIAL - CUIDADO!

JUSTIÇA SOCIAL - CUIDADO!
Muitos usam o termo sem saber que na verdade se trata de dar mais poder ao Estado alegando que esse promoverá igualdade e distribuição de renda. Se trata de menos liberdade e mais controle estatal.

Os justiceiros sociais advogam igualdade de renda entre as pessoas.

O conservador entende que a igualdade político-jurídica é suficiente para garantir a igualdade necessária entre as pessoas. Qualquer desigualdade material ou de resultado é consequência inevitável das diferenças naturais entre os indivíduos, de seus esforços e de suas decisões.

O que é Justiça Social?
https://www.youtube.com/watch?v=XoM7Us0HyyU

Conservadorismo Politico

CONSERVADORISMO POLÍTICO

O conservadorismo é um pensamento político que defende a manutenção das instituições sociais tradicionais – como a família, a comunidade local e a religião -, além dos usos, costumes, tradições e convenções. 

O conservadorismo tem como seus principais valores a liberdade e a ordem, especialmente a liberdade política e econômica e a ordem social e moral. 

O conservador acredita que há uma ordem moral duradoura e transcendente, que no caso do conservadorismo ocidental é baseada na doutrina cristã e tem na religião a sua base.

O conservadorismo valoriza a diversidade típica do individualismo e rejeita a igualdade como um objetivo da política. 

O conservador entende que a igualdade político-jurídica é suficiente para garantir a igualdade necessária entre as pessoas. Qualquer desigualdade material ou de resultado é consequência inevitável das diferenças naturais entre os indivíduos, de seus esforços e de suas decisões.

Na esfera política, o conservador procura preservar as instituições políticas e sociais que se desenvolveram ao longo do tempo e são fruto dos usos, costumes e tradições. O conservadorismo entende que as mudanças e o progresso são necessários para manter uma sociedade saudável, mas essas mudanças devem ser cautelosas e graduais. Assim, a política do conservador é a política da prudência, sempre preferindo manter e melhorar as instituições estáveis e testadas do que tentar rupturas para implantar modelos de sociedade e instituições advindas da razão humana. Essa postura coloca o pensamento conservador em conflito com ideologias essencialmente reformistas, que almejam criar uma sociedade “perfeita” pelo uso da política. Para o conservador, a política é a “arte do possível” e não um meio para se chegar a uma sociedade utópica.

Nas esferas social e moral, o conservador defende a manutenção dos usos, costumes e convenções, além de uma estrutura social e hierárquica tradicional. Na cultura, o conservadorismo valoriza as manifestações locais e uma identidade nacional. Nessas esferas, os conservadores são coletivistas, pois entendem que toda a comunidade deve adotar certos padrões de comportamento e certos valores para garantir uma coesão social e a identificação dos indivíduos com a comunidade.

CONFUSÃO SEMÂNTICA - CONSERVADORISMO X POSTURA CONSERVADORA
É importante não confundir o pensamento político conservador com a atitude em relação às mudanças políticas chamada de conservadora.

O conservador neste último sentido busca manter a situação política do jeito que está, independentemente do conjunto de ideias a que se aplica. É um termo normalmente aplicável a qualquer pensamento político que esteja no poder. Um socialista ou um liberal que esteja governando pode ser conservador nesse sentido, pois deseja manter-se no poder e almeja a continuação de suas políticas. Um revolucionário torna-se um conservador depois do sucesso de sua revolução.

O conservadorismo político têm como base a doutrina cristã e a adoção, em maior ou menor grau, das ideias políticas liberais. Mas é importante entender que mesmo o conservadorismo ocidental possui muitas variantes e é difícil identificar um posicionamento político específico. Partidos políticos conservadores podem até ter opiniões divergentes entre si sobre algumas questões.


Veja mais:

O que é ser um Conservador?

O QUE É CONSERVADORISMO?

10 PRINCÍPIOS CONSERVADORES

---------------------------------------
EXPLICAÇÕES ADICIONAIS

O progressista quer desconstruir tudo e começar do zero.
O imobilista quer deixar tudo como está.
O reacionário quer voltar a algum momento do passado.
O conservador quer mudanças graduais.

O progressista odeia o passado e acha toda mudança boa.
O imobilista ama o presente e acha toda mudança ruim.
O reacionário ama o passado e acha toda mudança ruim.
O conservador acredita que sempre há coisas boas e ruins (no passado, no presente e no futuro) e por isso acha que algumas mudanças são boas e outras ruins.

Os conservadores são a favor do progresso tecnológico, científico, intelectual, social, civil, ético, legal, industrial, comercial, etc. A única ressalva é que a liberdade seja exercida com responsabilidade. Por isso os limites morais são importantes. A degradação moral leva à degradação social.