terça-feira, 29 de abril de 2014

Conservadorismo

O que é ser Conservador?

POSTURAS
O filósofo político Russell Kirk delineou os “10 Princípios Conservadores”. Destacamos alguns pontos a seguir:
·  O conservador acredita que há uma ordem moral duradoura. [A degradação moral leva à degradação social. Parte da sociedade (sob influência progressista) confunde os seus apetites com direitos]
·   Os conservadores são defensores dos costumes, da convenção e da continuidade.
·   O conservador, em suma, favorece um progresso refletido e gradual; opõe-se ao culto do progresso, cujos devotos acreditam que tudo o que é novo é necessariamente superior ao que é antigo.

Ser conservador NÃO é ser contra mudanças! Somos a favor do progresso tecnológico, científico, intelectual, social, civil, legal, industrial, comercial, etc, porém sem abrir mão da prudência e dos valores morais.
·         O revolucionário quer melhorias abruptas buscando desconstruir o que existe para construir algo novo.
·     O conservador deseja melhorias graduais na sociedade, pois sabe que leva tempo para construir coisas como as instituições democráticas, a distinção e autonomia entre os poderes, as legislações, etc.

Importante: o conservador consciente desconfia de soluções fáceis e não acredita em “salvadores da pátria”.

VALORES
1.       São bandeiras conservadoras a valorização da família tradicional, a defesa da vida, o direito à propriedade e o combate à corrupção e ao crime.
2.       A maioria dos conservadores defendem também o livre-mercado, o Estado-Mínimo (e menos impostos), o combate às drogas e o direito à legítima defesa (incluindo o porte de armas). Podemos citar aqui também a meritocracia.
3.       Outras bandeiras são o combate à exploração sexual de menores, combate a pedofilia em geral e o combate à prostituição (que degrada tantas mulheres).

Queremos CONSERVAR instituições que a esquerda tem ameaçado: a independência entre os três poderes (solapada pelo aparelhamento estatal), a liberdade de imprensa (ameaçada pela regulação da mídia e verbas estatais), a liberdade de expressão (amordaçada pelo politicamente correto), a força policial (perseguida pelos defensores dos "direitos humanos"), a propriedade privada (desrespeitada pelo excesso de impostos) e a família tradicional (descrita por eles como algo ultrapassado). Não queremos ser como Cuba ou Venezuela!!

Queremos APRIMORAR o Estado para que tenhamos mais liberdade, possamos pagar menos impostos, e gerar uma economia mais pujante o que beneficia toda a sociedade. Inclusive os programas sociais precisam ser aperfeiçoados!

NEM TODO CONSERVADOR É CRISTÃO
A corrente de pensamento conservadora é abraçada por vários grupos: ateus, gays, espíritas, muçulmanos, etc.

Muita gente confunde o discurso conservador com o discurso cristão. Embora seja contraditório um católico ou um evangélico não ser conservador, é válido dizer que nem todo conservador é cristão. Veja por exemplo o artigo do filósofo Luiz Felipe Pondé, que é agnóstico, mas defende muitas bandeiras conservadoras. 

CRISTÃO CONSERVADOR NÃO QUER TEOCRACIA
O conservador cristão consciente entende seu papel de cidadão e defende seus valores morais na esfera pública; ele respeita o Estado Laico e não quer uma igreja oficial do Estado, muito menos uma teocracia; apenas exerce sua cidadania defendendo princípios conservadores e leis baseadas na moral judaico-cristã.

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~
FRASES EQUIVOCADAS: não use essas frases!
Em todo movimento de massas surgem pensamentos destoantes, por isso, vale mencionar alguns:

è “Bandido bom é bandido morto”: na verdade bandido bom é bandido recuperado! A morte de um bandido só é justificada quando outras vidas estão em perigo. Nos demais casos cabe julgar e punir de acordo com a lei. Jesus perdoou o ladrão na cruz, mas não o tirou da cruz. Isso porque quem cometeu crime deve acertar suas contas com a justiça, e nossa oração é que essa pessoa venha a ser transformada pelo evangelho!

è “Direitos humanos é para humanos direitos” ou “Quem defende criminoso é vagabundo”: essas frases vêm expressando a insatisfação popular com o tratamento que tem sido dado a certas situações em que os bandidos tem recebido mais apoio do que as vítimas. Porém Jesus nos ensinou a amar os inimigos (Mt 5.44) e tratar a todos com amor e respeito (ladrão na cruz, cobrador de impostos, prostitutas, mulher adúltera, etc). Por isso os cristãos realizam um trabalho sério nos presídios: Estava na cadeia, e foram me visitar (Mat 25:36).

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~
CONHEÇA os 10 Princípios Conservadores:

Nenhum comentário:

Postar um comentário